Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Tendências para a Construção Civil em 2021

Tendências para a Construção Civil em 2021

Você sabe quais são as tendências no mercado da construção civil, no ano de 2021? Vem com a gente e descubra! 

Todos os anos, novidades na área civil surgem e crescem, mas geralmente, elas se apoiam em tendências de crescimento que já fazem sucesso na área. Na área da engenharia civil, para 2021, temos algumas apostas de temas relevantes. Vem conferir!

1 – Sustentabilidade

A área da construção civil sempre foi ligada ao impacto ambiental pela quantidade de resíduos e entulhos gerados por ela, além do grande uso de matéria-prima e energia elétrica. Hoje em dia, as mudanças feitas em busca de uma agenda de sustentabilidade também se mostram um diferencial no mercado da área. A preocupação com o meio ambiente já é uma tendência em crescimento, que segundo uma matéria realizada pelo G1, chega ainda mais forte em 2021.

Cada vez mais, alternativas com menos poluentes são escolhidas, não só pela diminuição do impacto ambiental, mas também, por motivos econômicos.

Promover a reutilização de materiais, explorar alternativas para o uso de recursos naturais, buscar por novas formas de geração e economia de energia são alguns exemplos de atitudes que diminuem os impactos da construção no ambiente.

Além da necessidade ética e ambiental de atitudes como essa, a sustentabilidade é uma demanda que vem crescendo cada vez mais por parte dos clientes finais e também recebe incentivo fiscal, como por exemplo, o IPTU Verde

2 – Pré-moldados

As peças de pré-moldados, como o próprio nome sugere, são peças da construção que vêm prontas para a obra. Elas são montadas direto na construtora, com o uso de moldes e de matéria prima, como por exemplo, cimento. Apesar de ser mais usada em obras grandes, como viadutos, pontes e edifícios, estes materiais estão cada vez mais presentes em obras menores, também, como casas, escolas e prédios.

O site Toca Obra explica que essas peças facilitam a construção, uma vez que são produzidas rapidamente e chegam até a obra como peças prontas para serem encaixadas umas nas outras. Essa não é uma tecnologia nova, mas a previsão para o setor é que seu uso aumente ainda mais em 2021, pois seu uso se tornou tendência a pouco tempo.

O aumento no uso do material é previsto uma vez que ele agiliza o processo da montagem e reduz custos e prazos, além de diminuir os resíduos e trazer, com isso, sustentabilidade.

3 – O uso de tecnologia na percepção de realidade

Conforme os anos se passam, as tecnologias vão se tornando mais usuais e comuns. A realidade virtual, por exemplo, antes utilizada de maneira mais restrita, vem crescendo no campo da engenharia civil.

Nela, a realidade virtual é utilizada em treinamentos, compatibilização de projetos, verificação de estruturas e também, na simulação de ambientes para apresentação aos clientes. Para os profissionais, a tecnologia também é importante no planejamento da obra porque permite que o engenheiro analise de forma real e interativa como ficará o projeto, o que facilita a identificação de possíveis problemas e correção deles.

Por ser uma tecnologia interativa, profissional e cliente podem juntos alterar o projeto no virtual e analisar ali quais os resultados, antes de passar a alteração para o projeto físico, o que confere inúmeras vantagens ao processo.

4 – Uso de BIM

BIM, sigla para Building Information Modeling, é sobre a virtualização do projeto, assim como a modelagem e a gestão dos processos envolvidos nas obras de engenharia, sejam obras grandes ou pequenas. O principal objetivo dessa ferramenta na construção civil é transformar o projeto em uma representação da construção, que permita ver as falhas, atrasos, erros, desperdícios e muito mais.

Essa ferramenta não trata apenas da virtualização do modelo, mas do controle geral. Nela, é possível fazer, por exemplo, a estimativa de quantidades de material e controle de custos, além de estipular prazos para entrega de cada etapa do projeto.

Além de todas as facilidades citadas, o uso de BIM é uma tendência em alta para 2021 também por a partir desse ano, se tornar obrigatório em obras públicas.

E você? Quais são suas apostas de tendências para a construção civil em 2021? Conta pra gente!

Se você gostou desse texto, confira também a matéria que fizemos sobre Drywall, aqui.

Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Sobre o Autor

Kleyson Orlando
Kleyson Orlando

Com mais de 1 Milhão de m² de área construída, Kleyson Orlando é Fiscal de Bancos, Perito Judicial, e um dos grandes especialistas da Construção Civil do Brasil.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.