Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Nova sede do Mestre da Obra – Escritório e Casa

Nova sede do Mestre da Obra – Escritório e Casa

No começo do ano, eu tive uma ideia. Por que não juntar minha casa e meu escritório em um só lugar? A partir daí, juntei minha equipe e começamos a planejar o que será a nova sede do Mestre da Obra.

Esses dias, lancei um podcast da nossa primeira reunião presencial, que fizemos para definir o primeiro esboço do projeto. Eu, o Kleber, nosso engenheiro e o Fabrício, nosso arquiteto, fizemos o planejamento geral da obra e tivemos vários insights. Estamos animados!

O texto de hoje é para trazer aqui para o blog os pontos principais dessa primeira reunião.

Devo começar falando a respeito da ideia: vamos construir a edificação em 2 terrenos. Um para uso próprio (que será minha casa) e 1 para usarmos como escritório. Nossa construção será em estilo industrial, feita de blocos de concreto e laje, apenas. O foco principal, como geralmente fazemos na Ritter Orlando Engenharia (minha empresa de engenharia civil), focamos no uso, facilitando e cumprindo as exigências de fundação de nossos clientes. Assim, a beleza e a estética são importantes para nossa equipe, mas ficam em segundo plano.

Para isso, definimos nosso escopo ideal: a casa será uma casa conceito, um pouco diferente do que geralmente vemos, andando pela rua. Ela será de blocos de concreto e terá as instalações expostas. Terá também laje nervurada. 

O projeto foi desenvolvido em conjunto e as construções serão independentes porém interligadas. Estão sendo projetadas em um terreno único, sem divisão, mas com a possibilidade de colocar esse muro no futuro, para separar as duas casas. A casa será de dois pavimentos: o térreo e mais um, com pé direito duplo na área social. O escritório, por sua vez, terá apenas o térreo e na parte superior dele faremos uma área social, com telhado verde. Ambas serão edificações simples, eficientes e voltadas para a sustentabilidade.

O terreno tem 600mt² e é de 14.60m por 40m, com a face maior voltada para o sul. A minha casa terá vista para a área de lazer e também para o nascer do sol. Isso significa que o sol da tarde irá bater no escritório. Para driblar o efeito, não vamos alterar a construção, mas vamos mudar o posicionamento dos móveis do local.

Nosso plano é montar o escritório, mas com toda uma logística preparada para transformá-lo em casa depois, caso seja necessário venda. Para isso, estamos preparando o ambiente pensando em cômodos com dupla função. Os estúdios podem vir a ser quarto ou lavanderia, por exemplo. Para isso, deixaremos a tubulação pronta para banheiro e lavanderia. Além disso, durante nosso uso do ambiente, ele também estará preparado e equipado para vários usos. Uma sala restrita será desenvolvida para, por exemplo, escrever, fazer reuniões, ser estúdio de gravação.

A organização dos espaços internos foi inspirada nos parâmetros das casas Google e Facebook, por exemplo. Deste modo, estamos utilizando o conceito aberto, que usa o mínimo de paredes possível e integra todos os ambientes. 

Neste conceito, assim como no uso apenas de blocos de concreto e instalações expostas, temos exceções. Existem áreas que precisam de paredes para serem restritivas, como salas de reunião e banheiros. Na minha casa, também usaremos a ideia de conceito aberto, respeitando a privacidade dos cômodos que precisam dela. Nessas áreas, usaremos blocos normais e vedação interna.

SUSTENTABILIDADE

Nossa construção foi projetada também para ser um ambiente de alta sustentabilidade. Além da captação de luz solar e do telhado verde, exploraremos a ideia de uma claraboia no interior do escritório (para aumentar a iluminação natural e diminuir a artificial) e também investiremos no reaproveitamento de água da chuva.

Esses serão detalhes que iremos desenvolver de maneira mais detalhada posteriormente, mas são importantes para nós e por isso, serão desenvolvidos da melhor maneira possível.

Por hora, isso é tudo! Seguiremos com nosso planejamento e logo mais, nossa nova sede do Mestre da Obra (empresa/minha nova casa) estará pronta!!! 

E você? o que achou da ideia?

Se você gostou do texto, confira esse outro, que fala sobre o primeiro passo para a construção: a planta da casa!

Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Sobre o Autor

Kleyson Orlando
Kleyson Orlando

Com mais de 1 Milhão de m² de área construída, Kleyson Orlando é Fiscal de Bancos, Perito Judicial, e um dos grandes especialistas da Construção Civil do Brasil.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.