Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Alta nos materiais de construção: o que está acontecendo no mercado?

Alta nos materiais de construção: o que está acontecendo no mercado?

Quem tem o sonho de construir ou está em processo de construção tem visto que desde o início da pandemia, em 2020, os preços dos materiais de construção estão muito altos. A pandemia influenciou muito a economia de maneira geral, e o da construção civil não foi diferente.

Segundo uma matéria da CNN, o índice que mede o movimento dos custos de construções habitacionais, chamado INCC (Índice Nacional de Custo da Construção Civil) apresentou uma alta histórica, acumulando mais de 8,5% em 2020. Isso significa que a alta nos materiais de construção subiu pouco mais do dobro do que em 2019, quando essa alta foi de 4%.

Sobre esse aumento, o presidente da Câmara Brasileira da Indústria de Construção (CBIC), José Carlos Martins, comentou a respeito da alta dos preços em entrevista à Rádio CBN. Na entrevista, ele comenta que o aumento é resultado da falta de oferta de produtos em quantidades suficientes para atender a demanda do mercado, uma vez que, segundo ele, foi criado um desequilíbrio artificial por parte das empresas:

“Com a insegurança inicial provocada pela pandemia, em março, foi gerado um falso desabastecimento, que foi sendo aproveitado pelos fornecedores para recuperar preços. Se não houver um choque de oferta urgente, a memória inflacionária irá criar um caminho sem volta para a nossa economia”, comenta o presidente da CBIC.

José Carlos Martins ainda disse que houve sinais de reaquecimento do setor em maio e junho: “Nós já tínhamos esses sinais claros. Não houve a contrapartida de oferta de materiais suficientes para atender aquela demanda. Como continuou sem a oferta dos materiais, nós tivemos um problema sério de desabastecimento e aumento de preços”, avalia.

E agora? Qual a previsão?

O Procon vem investigando as lojas de materiais e analisando a situação. Por enquanto, estamos sentindo os desdobramentos do aumento. Assim, algumas situações podem acontecer e outras já estão acontecendo: o aumento de custo nas obras, por exemplo, já é uma realidade. Pode ocorrer ainda risco de entrega de projetos já fechados na planta, que estão em processo de construção. Isso porque o projeto foi fechado considerando um valor x para o processo de construção. Com o aumento nos materiais, o valor x cresceu, o que pode comprometer a entrega do produto final ou acrescentar taxas ao valor inicial.

Essa situação que comentamos, a respeito da incorporação imobiliária acima, pode aumentar o custo dos imóveis, inclusive dos populares. Essas são apenas algumas das consequências diretas que esse aumento pode causar.

O cenário é incerto e o que temos por enquanto é insegurança de construtoras e incorporadoras, por exemplo, para o lançamento de novos projetos.

Pela área da construção civil ser uma cadeia fragmentada, a comunicação entre os subsetores e fabricantes é difícil, o que diminui ainda mais a possibilidade dos preços pré-pandemia retornarem.

Por outro lado, segundo uma matéria da Revista Construa, o ministro da economia, Paulo Guedes, comentou a possibilidade do governo “desonerar a importação de insumos para a construção civil”, ou seja, não cobrar imposto de materiais importados para a construção civil.

Dica do Mestre

No momento, antes de pensar na construção, avalie também a ideia de imóveis prontos. Esses imóveis já passaram pela fase de construção, então não tem seu valor alterado com base no INCC. Desse modo, você evita sustos e possíveis surpresas desagradáveis no valor final do imóvel, nesse momento incerto da construção civil.

Gostou do artigo? Confira outros aqui! 

Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Sobre o Autor

Kleyson Orlando
Kleyson Orlando

Com mais de 1 Milhão de m² de área construída, Kleyson Orlando é Fiscal de Bancos, Perito Judicial, e um dos grandes especialistas da Construção Civil do Brasil.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.