Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Como funciona o financiamento da casa de Isopor?

Como funciona o financiamento da casa de Isopor?

Já imaginou construir uma casa de Isopor *, com paredes de EPS? Só se fosse uma maquete, não é?

*o Isopor é uma marca do material chamado EPS. 

Mas “casas de isopor” feitas com blocos de EPS são uma realidade e são mais resistentes do que você imagina! São as paredes de ICF, tendência que vem crescendo na construção civil. 

Mas… vamos do começo. Como assim uma parede de EPS?

Calma, na verdade, a parede não é SÓ EPS. Esse material faz a etapa das bases laterais da parede. O sistema Construtivo Isocret – ICF é formado por formas de EPS para estruturas de concreto armado.

icf2 - Como funciona o financiamento da casa de Isopor?

Fonte: https://civilizacaoengenheira.files.wordpress.com/2015/09/icf2.jpg?w=300&h=300

A estrutura é formada por forros de EPS, unidas por estruturas de metal, que funcionam unindo e sustentando as paredes. Depois de montadas, são preenchidas por concreto, como na foto. Os blocos de EPS tem encaixes, que permitem que elas se liguem mais facilmente. Nas paredes de tijolo comuns, as madeiras usadas para sustentação são retiradas depois da parede construída. No modelo ICF de construção, o EPS continua ali.

As construções feitas com esse tipo de parede tem diversas características únicas. Confira algumas abaixo:

Paredes Autoportantes: A construção sozinha se auto sustenta. Por isso, na construção com elas, você não precisa de pilares, vigas e alvenaria, por exemplo

Agilidade na construção: Por serem blocos prontos, são rapidamente construídos, utilizando menos mão de obra e diminuindo o nível de desperdício na construção.

Isolamento acústico bom: O ICF é um material que diminui as trocas de ar com o ambiente externo, o que promove 2 efeitos, como consequência: 1) promove um isolamento acústico muito bom e 2) mantém a casa fresca no calor e mais quente no inverno, pois isola melhor os sons e a temperatura internos do ambiente.

Além disso, as paredes de ICF apresentam resistência à umidade e à fungos, além de serem um material intuitivo para montagem e seus blocos serem grandes, o que agiliza o processo da obra.

Claro, existem também desvantagens. Por exemplo, como a casa não precisa de fundação com pilares e vigas, a sustentação fica toda por conta das paredes. Isso torna a construção mais engessada: é mais difícil quebrar uma parede e reconstruí-la depois, em outra posição, exatamente por conta da sustentação do local.

Financiamento do Imóvel feito em ICF

Outro ponto complicado da construção em ICF é a questão do financiamento para o imóvel, que pode ser um pouco mais difícil do que seria se a construção fosse feita de alvenaria comum.

Isso porque os bancos, ao considerar ceder o contrato de financiamento ao cliente, consideram sempre que, se por algum motivo, a casa for tomada por falta de pagamento, é preciso que outra pessoa queira “recomprá-la”. Existe, portanto, uma barreira de mercado, como conta Celita Fernandes, da Gerência Nacional de Gestão, Padronização e Normas Técnicas do banco, para uma matéria no site Casa.

Essa dificuldade acontece não só para o financiamento em construções de ICF, mas em todos os métodos que os bancos chamam de sistemas inovadores (Edificação do tipo Wood Frame, Drywall, etc).

Portanto, antes de fechar o tipo de construção, caso você tenha em mente um financiamento, converse primeiro com seu banco e entenda mais sobre os requisitos que seu projeto e sua construção precisam cumprir.

Gostou dessa matéria? Confira então o post que fizemos sobre Drywall!

E você? construiria sua casa de alvenaria comum ou algum outro método, como o ICF? Deixe sua opinião aqui nos comentários!

Inscreva-se no Site

Inscreva-se no Site

Receba todas as novidades do Mestre da Obra, basta informar o seu e-mail.

Seu e-mail está 100% seguro, não enviamos publicidade.

Sobre o Autor

Kleyson Orlando
Kleyson Orlando

Com mais de 1 Milhão de m² de área construída, Kleyson Orlando é Fiscal de Bancos, Perito Judicial, e um dos grandes especialistas da Construção Civil do Brasil.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.